DNIT  VALEC  ANTT  Trem de Alta Velocidade  PAC - Programa de Aceleração do Crescimento  Passe Livre  Acesso à Informação   Portal Brasil

Apresentação

Introdução


O Anuário Estatístico dos Transportes Terrestres (AETT) é uma publicação que tem por objetivo divulgar anualmente informações decorrentes da operação do transporte terrestre brasileiro, acrescidas daquelas produzidas e disponibilizadas pelas demais entidades, públicas e privadas, engajadas nesse segmento dos transportes.

Em continuação às séries dos Anuários Estatísticos editados pela Empresa Brasileira de Planejamento dos Transportes (GEIPOT), em liquidação, e pelas secretarias do Ministério dos Transportes, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), fazendo uso das mesmas fontes de dados, procurará manter a mesma estrutura editorial já adotada ao longo dos últimos anos por aqueles órgãos, visando preservar a memória informacional e as séries históricas apresentadas por aqueles Anuários. O usuário terá uma visualização contínua e, dessa forma, a possibilidade de uma melhor análise dos dados apresentados, isentos da ingerência desta Agência.

O AETT/2005 procura captar e apresentar a dinâmica do Setor Transportes Terrestres por meio de informações agrupadas em séries históricas (2000 a 2004) e, em relação a algumas informações, para o ano-base de 2004, por partir do princípio de ser essa forma a que melhor permite a integração com a dinâmica econômica, com as transformações espaciais, com os impactos demográficos, sociais, políticos, institucionais e administrativos. Essa forma de apresentação e de conteúdo tem como objetivo auxiliar a compreensão e a análise das particularidades do Setor Transportes Terrestres, ainda que visto isoladamente.

Por se tratar de um setor extremamente dinâmico e sensível às alternâncias econômicas provocadas pelas políticas adotadas pelo Governo, o conjunto dessas informações se encontra em permanente mutação, ora se expandindo, ora se contraindo, acompanhando o processo de desenvolvimento nacional, principalmente com as alternâncias de prioridades que vêm sendo atribuídas a cada modalidade no Setor Transportes e dos componentes nucleares conjunturais do sistema socioeconômico nacional aliado às necessárias adequações para a modernização administrativa da máquina governamental. Entretanto, ressalta-se que, continuadamente, cuidados especiais têm sido dedicados à obtenção e análise dos dados, visando confirmar ou mesmo corrigir as informações já publicadas em anos anteriores.

Após esta introdução são apresentadas, nos Capítulos de 1 a 3, as informações nacionais sobre transportes rodoviários, ferroviários e dutoviários.

O Anuário inclui, também, em ordem alfabética, as listas de Fontes de Informações, com a indicação dos respectivos contatos e das siglas utilizadas com os seus significados.

Procurou-se compatibilizar o volume de informações levantadas, detalhando-as, sempre que possível, a fim de constituírem classes homogêneas para todas as modalidades, segundo um quadro temático comum a cada capítulo, cuja estrutura básica é apresentada a seguir.

  • Informações sobre a Infra-Estrutura de Transportes

    - rede viária e praças de pesagem;
    - serviços dos terminais.

  • Informações sobre Serviços de Transportes

    - indústria de veículos e equipamentos;
    - frota de veículos e equipamentos;
    - transporte de passageiros e de cargas (demandas); - informações complementares sobre serviços e custos de transporte de passageiros e de cargas (consumo de combustível, acidentes de tráfego, etc.);
    - praças de pedágio;
    - pessoal empregado, clientes do transporte e recursos financeiros alocados às modalidades.

  • Informações sobre Resultados Obtidos

  • - resultados financeiros;
    - resultados operacionais.

    Como norma geral, procurou-se, ao longo deste trabalho, obedecer a critérios de apresentação tabular que tornem auto-explicáveis as tabelas que o compõem.

    Dessa forma, a ANTT coloca à disposição de profissionais, estudiosos, planejadores ou interessados pelo Setor Transportes Terrestres, o Anuário Estatístico dos Transportes Terrestres - 2005, obra que reúne as informações consideradas de relevância para a compreensão da macroestrutura e do funcionamento global dos transportes terrestres no Brasil, principalmente para os que se ocupam nas lides dos transportes por dutovias, ferrovias e rodovias.

    Ressalta-se que certas representações adotadas nesta edição para qualificar informações estão respaldadas pelo documento "Normas de Apresentação Tabular" da Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mesmo quando apresentam alguma "liberdade" em relação àquelas representações por ela normalizadas.

    Serviços

    O Ministério

    SPO - SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO
    Fórum de desempenho do MT SGD - Sistema de Gestão de Documentos

    SAAD - SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS / CGMO - COORDENAÇÃO-GERAL DE MODERNIZAÇÃO E ORGANIZAÇÃO (EXTINTO DNER)
    Créditos/DébitosConsulte aqui

    SECRETARIA DE FOMENTO PARA AÇÕES DE TRANSPORTES - SFAT
    Incentivos FiscaisDebêntures de Infraestrutura  |  REIDI

     
    Ministério dos Transportes

    Esplanada dos Ministérios, Bloco "R"
    CEP: 70.044-902 - Brasília/DF
    PABX (0XX61) 2029-7000
    Segunda à sexta, das 8h às 18h.