Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
INVESTIMENTOS

Ministro assina termo de compromisso para investimentos de R$ 45 mi para o Aeroporto de Passo Fundo (RS)

  • Publicado: Quinta, 07 de Dezembro de 2017, 16h33
  • Última atualização em Domingo, 10 de Dezembro de 2017, 22h01

Os investimentos vão possibilitar a construção de um novo terminal de passageiros, uma nova taxiway e um pátio de aeronaves, além da recuperação da pista

PASSO FUNDOEm visita ao Rio Grande do Sul, o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, assinou, no Palácio Piratini, em Porto Alegre, o Termo de Compromisso (TC) para os investimentos no Aeroporto de Passo Fundo, a 290 quilômetros da capital. A solenidade contou com a presença do ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, e do governador José Ivo Sartori.


Para ampliação de capacidade e da infraestrutura atual do terminal, visando a operação de aeronaves da categoria 3C (como o E190, da Embraer, ou o B737, da Boeing), o MTPA assinou o compromisso com o Governo do Rio Grande do Sul, no valor de R$ 45 milhões. Do total, 97% dos recursos serão provenientes do governo federal e o restante (3%) será disponibilizado pelo estado.

"Até 2018, teremos o empenho de R$ 27 milhões do Orçamento para recuperação das pistas e os demais recursos pós 2019. Com isso poderemos ampliar a oferta dos voos para Passo Fundo, fundamental para integração de todo o estado."
Maurício Quintella

A parceria entre os dois governos terá duração de 22 meses, a primeira etapa dos investimentos será a recuperação da pista de pouso e decolagem, a regularização das faixas de pista para operação por instrumento e das áreas de segurança, previstas para serem concluídas até dezembro de 2018. Na sequencia, será construído o novo Terminal de Passageiros, a Seção Contra Incêndio, a nova Taxiway e o novo Pátio de aeronaves. Além das melhorias operacionais e equipamentos de auxílio à navegação aérea. Segundo o ministro dos Transportes, os Recursos serão liberados conforme o cumprimento das etapas previstas no Plano de Trabalho:“Até 2018, teremos o empenho de R$ 27 milhões do Orçamento para recuperação das pistas e os demais recursos pós 2019. Com isso poderemos ampliar a oferta dos voos para Passo Fundo”.


A região de Passo Fundo é movida economicamente pelo setor de serviços, sendo o quinto maior do estado. O comércio varejista é a principal atividade, seguido do comércio atacadista e da indústria de transformação.

INVESTIMENTOS REGIONAIS – Em maio de 2016, o Aeroporto de Santo Ângelo foi reaberto à população. A obra de repavimentação da pista de pouso e decolagem foi a mais recentemente concluída no âmbito do Programa de Aviação Regional, da Secretaria Nacional de Aviação Civil, no Estado do Rio Grande do Sul.
Na ocasião, também foram entregues as chaves de um carro contraincêndio doado pelo MTPA, para cumprimento de requisito que permite ao aeroporto operar aeronaves de médio porte.

Atualmente, o Programa de Investimentos em Aeroportos Regionais possui 17 instrumentos de repasse assinados e vigentes para investimentos em aeroportos regionais em todo o Brasil. O valor total chega a R$ 162,5 milhões, sendo R$ 142,1 milhões provenientes do programa do governo federal. Entre as principais obras contempladas pelos recursos estão: a ampliação e reforma de pistas de pouso/decolagem, terminais de passageiros, pistas de taxiway, equipamentos para auxílio à navegação, entre outros.

Assessoria de Comunicação
Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil
Telefone: (61) 2029-7038/7039

registrado em:

Notícias Relacionadas


Fim do conteúdo da página