Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
6 de dezembro

DNIT faz balanço da dragagem do Rio Madeira em Brasília

Publicado: Quarta, 06 de Dezembro de 2017, 19h28 | Última atualização em Quinta, 07 de Dezembro de 2017, 12h30

Intervenção permitiu alcançar a previsão de escoamento de carga na hidrovia três anos antes do previsto

dnit dragagemrioMadeiraNa tarde desta terça-feira (5) o DNIT fez um balanço da dragagem do Rio Madeira na reunião da Câmara Técnica de Navegação e Portos, em Brasília. Foram dragados cerca de 365 mil m³ nos dois passos críticos onde a Autarquia atuou desde agosto deste ano. As localidades foram definidas de acordo com as premissas de projeto e com o apoio dos usuários da hidrovia, especificamente as transportadoras que navegam no rio.

“O volume dragado neste ano é superior ao acumulado em todas as campanhas realizadas desde 2006”, ressaltou o diretor de Infraestrutura Aquaviária, Erick Moura. O trabalho possibilitou garantir profundidades mínimas de cerca de 3,5 metros. Com isso, a hidrovia ultrapassou as projeções de escoamento de carga: foram transportadas 8 milhões de toneladas pelo Rio Madeira este ano. De acordo com o último estudo da ANTAQ (2013), esse patamar só seria atingido em 2020.

Nesta temporada, os serviços foram concluídos no fim de outubro, conforme o regime hidrológico do rio permitiu. Eles serão retomados no próximo período de estiagem, pois o DNIT contratou a dragagem para assegurar a navegabilidade no Madeira durante cinco anos. Para isso, serão investidos R$ 68,7 milhões até o fim do contrato.

 

 

grafico dragagemrioMadeira

Fonte: DNIT

Assessoria de Comunicação
Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil

registrado em:
Fim do conteúdo da página